Mosteiro de São Bento em Vinhedo

Monges Beneditinos do Mosteiro de São Bento em Vinhedo

Vida Monástica Beneditina

A vida monástica beneditina é resposta ao chamado de Deus
para se seguir a Cristo, através da vivência do Evangelho
na escola do serviço do Senhor, instituída por São Bento.

Ela é caracterizada pela sede de absoluto
que todo ser humano experimenta.
Mais ainda, ela é um constante voltar à fonte – o próprio Cristo –
para beber daquela água que jorra para a Vida Eterna.
Voltar à fonte pela oração, pela lectio divina, pelo trabalho,
pela disciplina e ascese, pela vida fraterna, pela obediência,
pela humildade, pelo silêncio, pela caridade
e tantos outros meios dispostos para este fim de forma magistral
por São Bento em sua Regra.

A sede da vida espiritual que mundo sente
conserva a atualidade do ideal monástico.
A
ntes, como São Bento, o homem vai ao mosteiro para reencontrar-se;

 hoje o homem se sente privado de si mesmo e, na disciplina monástica,
 recupera-se a si mesmo para a Igreja.
 O monge é um homem recuperado para si mesmo,
recuperado como homem, como filho de Deus e como irmão de todos.” (Papa Paulo VI)

O testemunho do monge diante do mundo será manter,
 com sua existência mesma,
a direção para a qual é preciso olhar.
Sua tarefa será apressar, com a oração e o desejo,
o completar-se do Reino de Deus.
(Jean Leclerq)